Sistema de Ensaio

Para Testes de Longevidade e de Envelhecimento Acelerado

Destaques


Aceleração do envelhecimento de componentes plásticos

Controlo de % de oxigénio e de temperatura

Princípio dos fatores de deslocamento da linearidade dos materiais de Arrhenius 

Até 208 semanas de teste de resistência

Até 54 DUT simultaneamente

3 circuitos principais de água e temperatura independentes

Referências Técnicas

Dimensões
(em mm)

1480(C) x 5000(L) x 2070(A)

Fonte de Alimentação
Tensão
Frequência
Potência

380-400VAC
50 HZ
18 kW

Testes Funcionais

Temperatura
Pressão
Nível Oxigenação
Deteção Automática de Rotura

Interfaces de Comunicação

Ethernet, USB

Perfis de temperatura e oxigenação

Perfis de temperatura configuráveis
Gama de Temperaturas: -0°C – 90°C
Oxigénio Dissolvido na água: 0 -100%

Visão Geral

Cada vez mais, desenvolvem-se polímeros novos e novas técnicas de fabrico de componentes, permitindo a gradual substituição de materiais metálicos por materiais plásticos ou compósitos em diversos ramos de aplicação em diferentes indústrias.  Em particular, no sector da climatização, aquecimento e abastecimento de águas, os componentes plásticos estão sujeitos ao processo de envelhecimento devido à temperatura a que estão sujeitos ou devido à quantidade de oxigénio existente nos fluídos.

O Sistema de Ensaios para Testes de Longevidade e Envelhecimento Acelerado desenvolvido pela Controlar permite assim prever, em ensaio acelerado, o desgaste ao longo do tempo de vida dos componentes plásticos dos sistemas hidráulicos de forma a prevenir eventuais falhas durante o ciclo de vida útil do DUT.

Arquitetura

O módulo principal controla e analisa as variáveis de teste. Existe um grupo hidropressor que uniformiza a pressão em todos os módulos até 10 bar.  Um sistema pneumohidráulico injeta ar/oxigénio na água por meio de um difusor até que a oxigenação atinga o nível predefinido pelo utilizador. Para monitorizar estes níveis de oxigénio na água, o equipamento faz medições periódicas através de um sensor de elevada precisão.

Cada módulo de teste tem um circuito de aquecimento individual que permite o teste a diferentes temperaturas até 90°C.  As cabines de teste são fechadas e isoladas termicamente de forma a diminuir as perdas energéticas.  A dimensão e o número de módulos de teste são configuráveis de acordo com as necessidades do cliente.

Um módulo adicional permite ensaiar as amostras à rotura e, com base na informação recolhida, calcular, a previsão de vida útil dos componentes testados segundo a equação de Arrhenius.

Aplicações

O Sistema de Ensaios para Testes de Longevidade e Envelhecimento Acelerado é adequado para aplicações na indústria da Termotecnologia, como para o teste de aceleração do envelhecimento de bombas de calor (de tipo ar-água ou hidráulico) através da simulação do consumo doméstico ou geotérmico; ou para a caracterização da eficiência de aquecedores de água elétricos.