Portugal 2020 / SI I&DT – Projeto em copromoção n.º 46990 / NewGen TS-FAE: New Generation Test Systems for Future Automotive Electronics

By 26.07.2021 pt2020

Código do projeto
POCI-01-0247-FEDER-046990

Objetivo principal
Reforçar a investigação, o desenvolvimento tecnológico e a inovação

Região de intervenção
Norte, Lisboa

Consórcio promotor
CONTROLAR – ELECTRÓNICA INDUSTRIAL E SISTEMAS, S.A.
Visteon Portuguesa, Ltd.
Associação Fraunhofer Portugal Research 

Data de aprovação
03-03-2021

Data de início
01-01-2021

Data de conclusão
30-03-2023

Custo total elegível
2.815.760,41 Euros (dois milhões, oitocentos e quinze mil, setecentos e sessenta euros e quarenta e um cêntimos)

Apoio Financeiro da União Europeia
FEDER – 1.755.838,20 Euros (um milhão, setecentos e cinquenta e cinco mil, oitocentos e trinta e oito euros e vinte cêntimos)

Objetivos, atividades e resultados esperados/atingidos

O projeto NewGen TS-FAE visa o desenvolvimento de três sistemas de testes, totalmente disruptivos ao nível internacional, a saber: 

(i) sistema inteligente de testes ICT com realidade aumentada;

(ii) sistema inteligente de inspeção visual e controlo de qualidade de displays de nova geração;

(iii) sistema com testes Hardware-in-Loop (HIL) para plataformas inteligentes e controladores com ADAS 2+ e superior. 

De forma transversal, será desenvolvido um ecossistema integrado Internet of Things (IoT) com inteligência cognitiva, bases de dados e sistemas de data mining para processar, traduzir e integrar alterações, em tempo real, e adaptar os sistemas de testes a diferentes condições de operação. A segurança e a proteção dos dados serão também uma prioridade com o desenvolvimento experimental de métodos de blockchain aplicados à rastreabilidade de informação. 

Assim, a prossecução do projeto NewGen TS-FAE permitirá criar os primeiros sistemas de testes para eletrónica automóvel com inteligência cognitiva. Estes sistemas serão desenvolvidos com capacidade para se adaptarem e melhorarem o seu próprio funcionamento, modificando automaticamente o número e tipo de testes a serem realizados, por exemplo, tendo em conta as características dos produtos e os resultados dos próprios testes. Pretende-se que estas abordagens e tecnologias possam ser posteriormente estendidas a qualquer linha de componentes eletrónicos de qualquer indústria, onde as capacidades cognitivas irão auxiliar no aumento da qualidade, eficiência e fiabilidade dos próprios sistemas de testes.

Controlar - COMPETE